Soneto Ouija ou Soneto pro Pê Paiva

Este é um soneto que me vi obrigado a escrever, em 1995, após enganar dois amigos, por mais de duas horas, com a tal brincadeira do copo. Um deles, cético de carteirinha, ficou p da vida por ter acreditado em espíritos por um breve intervalo de tempo. (Mentira, na verdade ele ficou foi zangado por não ter mais motivos para acreditar…)

Nos sonhos dum amigo logrei entrar
E rigidez onírica vi ali
A anelar movimento lá e aqui
Tal como prisioneiro a procura de ar.

A criança que em mim não quer senão brincar
Viu monte de areia do qual senti
Matéria pra castelos de Gaudí
A esperar, de certo, nestes se tornar.

Qual criança que o tempo ignora
Pus-me ao amoral trabalho sem saber
Que tudo por fim o fim devora.

Magoado rechaçou-me meu amigo
De seus sonhos sem então sequer ver
Que nada (é) dura(o), cristal ou seu umbigo.

Você gostou do que leu?
Regale Yuri Vieira com criptomoedas

Doe bitcoins para Yuri Vieira

Escaneie para enviar bitcoins ao Yuri Vieira
Escaneie o código QR ou copie o endereço abaixo em sua carteira para enviar alguns satoshis:

Donate Bitcoin Cash to Yuri Vieira

Scan to Donate Bitcoin Cash to Yuri Vieira
Scan the QR code or copy the address below into your wallet to send bitcoin:

Donate Ethereum to Yuri Vieira

Scan to Donate Ethereum to Yuri Vieira
Scan the QR code or copy the address below into your wallet to send some Ether:

Doe Litecoin para Yuri Vieira

Escaneie para doar Litecoin para Yuri Vieira
Escaneie o código QR ou copie o endereço abaixo na sua carteira para enviar litecoins:

Donate Monero to Yuri Vieira

Scan to Donate Monero to Yuri Vieira
Scan the QR code or copy the address below into your wallet to send some Monero:

Doe ZCash para Yuri Vieira

Escaneie para enviar ZCash ao Yuri Vieira
Escaneie o código QR ou copie o endereço abaixo em sua carteira para enviar ZCash: