Posts Tagged ‘ Literatura ’

A menina branca

A menina branca

Já as postagens sobre bichos — ah! — essas causavam grande impacto e comoção. Edgar chegava a se perguntar se seus amigos viam o sofrimento humano como algo merecido — como uma espécie de castigo inexorável por comermos salaminhos inofensivos e mortadelas indefesas — ou se, pelo contrário, esses mesmos amigos — pressupondo...
Continua»

Tags: , , , ,
Publicado em Contos | 1 Comentário »

A sábia ingenuidade do doutor Pinto Grande

A sábia ingenuidade do doutor Pinto Grande

— Seu Roberto, antes de as pessoas perderem o bom senso, elas perdem o senso de humor. É sempre assim. Nós vivemos uma época complicada, revolucionária, com gente tentando negar, não de forma positiva nossa animalidade intrínseca, mas negar a própria natureza humana. Um dia, nosso corpo morrerá e não sobrará senão nossa humanidade....
Continua»

Tags: , , ,
Publicado em Contos | 7 Comentários »

Doutor Pinto Grande e o pedinte do metrô

Doutor Pinto Grande e o pedinte do metrô

— O senhor está me dizendo que já não acredita em Deus tanto quanto aquele blogueiro não crê na existência da internet. Mas, dentro Dele, de Deus (e não do blogueiro), nós nos movemos, pensamos, respiramos, vivemos e morremos. Percebe? É dentro da internet que o blog “vive” e “morre”.
Continua»

Tags: , , , ,
Publicado em Contos | 4 Comentários »

Teologia da maconha (um conto BASEADO em fatos reais)

Teologia da maconha (um conto BASEADO em fatos reais)

— A gente devia ir agora no Facebook e confessar pra todo mundo que somos dois coxinhas ex-malucos que voltaram a cair na tentação da maconha, que agora até corremos o risco de apanhar do Capitão Nascimento, de saco plástico na cabeça e tudo: “São vocês, da direita religiosa doidona, que financiam essa merda!”.
Continua»

Tags: , , , , ,
Publicado em Contos | 2 Comentários »

O machista feminista

O machista feminista

Tempos atrás participei de um encontro literário na Casa Mário de Andrade, em São Paulo, onde, ao longo de uma semana, debati com outros autores as perspectivas da literatura brasileira neste novo milênio. Foi lá que, entre outros, conheci pessoalmente Elisa Andrade Buzzo, Luis Eduardo Matta, Miguel Sanches Neto, André de Leones, Fabrício Carpinejar...
Continua»

Tags: , , , , , , , , ,
Publicado em Contos | 21 Comentários »

O Marceneiro e o Poeta

O Marceneiro e o Poeta

Bruno Tolentino... Naquela ocasião, eu ainda não o conhecia muito bem, mas chegaria a conhecê-lo melhor nos nove meses seguintes, tempo que ele moraria ali conosco: uma figura simplesmente extraordinária, com uma trajetória de vida de arrepiar os cabelos.
Continua»

Tags: , , , ,
Publicado em Contos, Crônicas | 9 Comentários »

Email do leitor Eduardo C.

Email do leitor Eduardo C.

Eis o tipo de mensagem que um escritor espera de ao menos um em cada cem de seus leitores: Fri, Feb 6, 2009 at 7:14 PM Olá Yuri, Quem lhe escreve é Eduardo, 18 anos, natural e morador de Brasília. Terminei há pouco de ler o seu livro “A Tragicomédia Acadêmica“, e gostaria de...
Continua»

Tags: , , , ,
Publicado em Clipping | Sem comentários »

Um papo com Paulo Briguet ─ Giovanni Nobile

Um papo com Paulo Briguet ─ Giovanni Nobile

Um papo com Paulo Briguet por Giovanni Nobile 06 de Maio de 2013 - 19:56 hs O Blog do Giovanni, além de poesias, contos, crônicas e pequenas matérias, também traz algumas entrevistas. A partir de maio, de tempo em tempo uma entrevista com algum escritor, editor, produtor cultural, poderá aparecer por aqui. E a conversa...
Continua»

Tags: , , ,
Publicado em Clipping, Imprensa | Sem comentários »

A Bacante da Boca do Lixo

A Bacante da Boca do Lixo

Todo aspirante a escritor que se preze já leu e já desejou ser Henry Miller. Para quem tem a cabeça de cima cheia de hormônios, a de baixo cheia de idéias e o quarto entulhado de literatura, nada mais atraente do que aquela vida intelectovagabunda com mil e um personagens fascinantes e uma mulher...
Continua»

Tags: , , , , , ,
Publicado em Contos, Crônicas | 12 Comentários »

Genus irritabile vatum

Genus irritabile vatum

Eis o primeiro conto do livro "L.S.D.eus - Contos Extáticos", no qual um aspirante a escritor, após tomar uma droga desconhecida, sofre a pior bad trip da sua vida. A propósito: Genus irritabile vatum ("a raça irritável dos poetas") é uma expressão de Horácio (Epístolas, II, 2, 102) que serve para caracterizar a extrema...
Continua»

Tags: , , ,
Publicado em Contos | Sem comentários »

Translate this page

Conteúdo

Social


    Curta minha página


    Siga-me no Facebook




    Cadastre seu endereço de email e receba automaticamente os posts publicados:


PayPal

Faça uma doação!

Bitcoins

Gostou? Faça uma doação.
Doe bitcoins!

O Autor

Yuri Vieira é escritor e cineasta. Saiba mais.

Visitas