A Vingança de Piupiu

Conto extraído d’A Tragicomédia Acadêmica, no qual um calouro de medicina assassinado durante um trote é vingado de forma extraordinária (qualquer semelhança com o que ocorreu três anos depois, na USP, foi mera previsão).

Quando eu era Chinês…

Acho que todo mundo conhece alguém que já fez a tal “regressão a uma vida passada“. A coisa toda é tão batida que o escritor Mário Prata chegou a publicar o livro Minhas vidas passadas a limpo, no qual, salvo engano, ele conta ter sido até mesmo a mucama da …

O Diplomatastral de Moon

Resulta muito difícil — enquanto pesquisador do fantástico — deixar de lado minha mania de ler livros malucos para me meter de cara em livros mais construtivos. (Muito embora eu também esteja lendo Don Quijote e Mário Ferreira dos Santos…) Recentemente, por exemplo, encontrei novas viagens maionésicas: os livros do …

Mona

Hoje foi um daqueles dias em que acordei botando fogo pelas ventas, com ódio amargo contra toda a humanidade, o que evidentemente inclui a mim mesmo, já que também eu faço parte dessa malta fedida. Na cama, quando me deparei comigo, só de raiva, quase me mordi. Cara chato que não larga do meu pé interior…

Libertários, estatistas, Friends, Jivago e Islã

Considero o Estado um tipo de gesso sobre o esqueleto fraturado da sociedade. Por quê? Ora, o que torna as relações viáveis numa sociedade é a confiança mútua entre os humanos. Presentemente ainda há ruptura, não há nexo pleno entre os indivíduos, somos quase todos, em graus diversos, estranhos um ao outro – muitas vezes dentro da própria família – daí a desconfiança geral.

O dia em que a Terra parou

Toda invenção humana não almeja outro fim senão a vitória sobre as limitações impostas pelo tempo e pelo espaço. E sei que não preciso citar muitos exemplos para provar tal afirmação. Uma simples meditação sobre os artefatos tecnológicos que nos cercam já constitui uma fonte de indícios demasiado ampla. Até …