O Marceneiro e o Poeta

Bruno Tolentino... Naquela ocasião, eu ainda não o conhecia muito bem, mas chegaria a conhecê-lo melhor nos nove meses seguintes, tempo que ele moraria ali conosco: uma figura simplesmente extraordinária, com uma trajetória de vida de arrepiar os cabelos.
Continua»

O Abominável Homem do Minhocão

Depois de passar vinte anos escondido da repressão militar na rede de esgoto do campus universitário, professor de sociologia volta à labuta..
Continua»

A Bacante da Boca do Lixo

Todo aspirante a escritor que se preze já leu e já desejou ser Henry Miller. Para quem tem a cabeça de cima cheia de hormônios, a de baixo cheia de idéias e o quarto entulhado de literatura, nada mais atraente do que aquela vida intelectovagabunda com mil e um personagens fascinantes e uma mulher...
Continua»

Notas sobre uma possível revelação religiosa

Jorge Luis Borges descreve assim a descoberta do primeiro volume da enciclopédia sobre o planeta Tlön: "Numa noite do Islã, que se chama a Noite das Noites, abrem-se de par em par as secretas portas do céu e é mais doce a água nos cântaros; se essas portas se abrissem, eu não sentiria o...
Continua»

O Exorcista na Casa do Sol

Saiba como foi assistir ao filme O Exorcista, na Casa do Sol, acompanhado pela escritora Hilda Hilst, pelo poeta, ex-professor de Oxford e ex-presidiário da ilha do diabo inglesa, Bruno Tolentino, e mais quinze cães. (Agradeço ao J.Toledo e ao Zuenir Ventura por me convencerem de que minha memória não deve nada a ninguém.)...
Continua»

Genus irritabile vatum

Eis o primeiro conto do livro "L.S.D.eus - Contos Extáticos", no qual um aspirante a escritor, após tomar uma droga desconhecida, sofre a pior bad trip da sua vida. A propósito: Genus irritabile vatum ("a raça irritável dos poetas") é uma expressão de Horácio (Epístolas, II, 2, 102) que serve para caracterizar a extrema...
Continua»

Matando um mosquito com um tiro de canhão

Neste conto, extraído d' A Tragicomédia Acadêmica, um famigerado diretor de cursinho preparatório para o vestibular recebe estranha carta de um ex-aluno.
Continua»

Megalômano não: Mestre de um Universo

Veja por que minha loucura me salvou de um amigo que pensava ser mais louco do que eu.
Continua»

O Rolex e o Celular

O Rolex e o Celular ou Como converter um cineasta de esquerda, durante um banquete de festival de cinema, às delícias de se compreender o valor da propriedade privada.
Continua»

Frida – uma singela homenagem a…

Neste conto, conheça Frida, uma jovem estudante de antropologia, seu coelho Paulo e seu professor-amante, Aleister Crowley de Souza...
Continua»

Paralíticos e Desintegrados

Neste conto, extraído d'A Tragicomédia Acadêmica, leia uma entrevista com dois intelectuais de grosso calibre.
Continua»

O hippie reacionário

Sempre dou muita risada quando vejo o Erik Cartman, o gordinho do South Park, xingando alguém de hippie. (Isso sempre me lembra uma ex-namorada que, ao passear por feiras de artesanato, costumava reclamar: “Ai, que cheiro de hippie”.) O que eu nunca imaginei é que alguém chegaria um dia a me chamar — sim,...
Continua»

Memórias da Ilha do Capeta

Conto onde se narra a terrível e psicodélica história dos prisioneiros de um alojamento estudantil.
Continua»

Apagãolipse Now

Este conto foi escrito na Casa do Sol, em Maio de 1999, a partir de fatos ocorridos durante o grande apagão daquele ano.
Continua»

O Aluno Genial

“O belo é a manifestação sensível da verdade, já dizia…” “Aaah…”, bocejou sonoramente Maimônides. Teófilo, professor de Estética e de Introdução à Filosofia na Universidade de Brasília, irritou-se: “Quem é que dizia isso, Maimônides?”, quis perguntar sem no entanto o fazer. Afinal, o professor Teófilo não era assim tão estúpido. Era evidente que Maimônides...
Continua»

No FICA com Dib “Lama” Lutfi

Neste artigo, você saberá como foram as conversas que tive com o talentoso cinegrafista e/ou diretor de fotografia dos filmes "Terra em Transe", "Como era gostoso o meu francês", "A Falecida", "O Desafio", "O Ponto de Mutação"...
Continua»

O Wândolo

Conto onde se narra o encontro de uma estudante com um híbrido de vândalo com o cantor Wando.
Continua»

A volta dos que não foram

Conto extraído d' A Tragicomédia Acadêmica onde estudantes de física presenciam uma insólita viagem no tempo.
Continua»

Primeiro celular

O primeiro telefone celular a gente nunca esquece. O primeiro que usei na vida não era meu. Foi em 1995 e o celular pertencia ao cineasta Nélson Pereira dos Santos...
Continua»

Não pagou, dançou!

Ir a uma oficina mecânica da periferia de São Paulo é uma experiência das mais pitorescas. Bem, ao estilo de Francis Bacon...
Continua»

O Boitatá Quântico ou O Samba do Bobo Doido

Conto extraído d' A Tragicomédia Acadêmica, no qual o físico inglês Sopal e seu assistente ex-bobo da corte agitam a vida do campus da universidade.
Continua»

Doom!! Doom!! Doom!!

Este conto foi escrito em Brasília, 1996, para me exorcizar de certa influência literária que estava me fonsecando a alma...
Continua»

Drogas: iniciação X alienação

Seria o uso de drogas nada mais nada menos que um simulacro de iniciação?
Continua»

Hilda Hilst, Kazantzakis e meu ano 7

Neste artigo, explico como fui parar na casa da escritora Hilda Hilst — a Casa do Sol — onde morei por pouco mais de dois anos. “O que esperais de um Deus? Ele espera dos homens que O mantenham vivo.” Hilda Hilst Às vezes recebo, em bloco, diversas mensagens a indagar como fui parar...
Continua»

Penteu, o Pentelho

Conto extraído d' A Tragicomédia Acadêmica, que não é senão uma releitura clubber de As Bacantes, de Eurípedes.
Continua»

O IPTUzão de Hilda Hilst

Como você se sentiria se ganhasse pouco menos de dois mil reais por mês e ainda estivesse devendo quinhentos mil de IPTU?
Continua»

A Virada

Conto extraído d' A Tragicomédia Acadêmica onde se narra as agruras de um formando em arquitetura que tem seu mais terrível pesadelo concretizado.
Continua»

Golem, o goleiro

Neste conto, um técnico de futebol judeu dá vida a um goleiro quase perfeito.
Continua»

O Culturaholic

Conto extraído d'A Tragicomédia Acadêmica onde o mito de Narciso é traduzido na vida de um pedante viciado em eventos culturais.
Continua»

Maria Eu-gênia

Uma professora de psicologia que é um verdadeiro caso de psicopatia...
Continua»

Vinho com Lygia Fagundes Telles

Após cerca de dois anos de conversas por telefone, eis o relato da minha primeira tarde em companhia da escritora.
Continua»

Translate this page

Conteúdo

Social


    Página dos meus livros e ebooks


    Siga-me no Facebook




    Cadastre seu endereço de email e receba automaticamente os posts publicados:


O Autor

Yuri Vieira é escritor e cineasta. Saiba mais.

Visitas



Switch to our mobile site